Assim como para alcançar qualquer outro objetivo em nossas vidas, para alcançar o sonho
de tocar acordeon é necessário que alguns passos sejam definidos e seguidos. Pensando
nisso, vou te ajudar a definir e organizar esses passos.

Definição das metas

Primeiro você precisa pensar no seu objetivo maior em relação ao acordeon. É ser um
acordeonista? Tocar em um concerto? Em casa com os amigos?

Ter essa meta bem clara é muito importante e é o primeiro passo para conseguir definir e
organizar os passos para chegar nessa meta.

Primeiramente precisamos entender que existem diferentes tipos de metas e objetivos. O
primeiro deles, e aí vamos fazer um exercício conjunto aqui, é o objetivo de vida.
Qual é o seu grande objetivo para a sua vida? Pense que ele é amplo e que não será
alcançado em pouco tempo, afinal, é a realização de toda uma vida.

Agora imagine qual é o seu objetivo para a década, o que você espera ter alcançado dentro
dos próximos 10 anos?

Do mesmo modo que associamos o objetivo de vida ao objetivo maior no acordeon, faça
isso para a década. Qual é o seu objetivo, em relação ao acordeon, para os próximos 10
anos?
Quer estar tocando um grande repertório? Quer ter um estilo musical já definido?
Vamos continuar nos aprofundando e agora imagine o tempo de um ano. Qual é o seu
objetivo para esse ano? Aqui já podemos tratar especificamente do acordeon. Dentro de 1
ano quais são as suas expectativas com o acordeon?

Espero que você esteja fazendo o exercício proposto e imaginando todas essas metas, isso
é importante para prosseguirmos. Nesse sentido imagine:

Qual seu objetivo com o acordeon para o mês?
Qual seu objetivo com o acordeon para a semana?
Qual seu objetivo com o acordeon para o dia?

Depois de já ter definido todas essas metas você precisa avaliar se todas elas estão
alinhadas com o objetivo maior, o de vida e o objetivo geral com o acordeon.
O seu objetivo do dia está te ajudando a chegar no objetivo geral com o acordeon? Se sim,
isso é ótimo, por outro lado se a resposta for não você precisa fazer algo para mudar essa
situação.

Os tipos de metas

Existem dois tipos de metas que podemos definir:
Metas materiais (ter): são aquelas que se tratam de coisas que podem ser compradas como
os bens materiais (casas, carro, celulares, viagens, etc).

Quando pensamos nessas metas podemos perceber que elas são muito imediatistas, queremos ter rapidamente.
Metas imateriais (ser): essas envolvem as coisas que queremos ser, por exemplo,
queremos ser boas pessoas, que ajuda outras pessoas. Quero ser uma pessoa que tem
uma família grande, unida. Uma pessoa que os outros gostem de estar perto.
A partir dessa definição você pode pontuar quais são os seus objetivos e classificá-los em
materiais ou imateriais.


O alinhamento dos tipos de meta e o aprendizado do acordeon

Os seres humanos normalmente apresentam uma discrepância muito grande entre as suas
metas, seja material ou imaterial, e as coisas que eles fazem a curto prazo para alcançá-las.
No aprendizado do acordeon é extremamente importante que haja um alinhamento entre as
pequenas metas, essas que você definiu para o dia, semana, mês, etc, com a meta maior.
É importante também avaliarmos a possibilidade de que essas pequenas metas aconteçam
no tempo em que definimos para ela.

Por exemplo, sua meta para a semana pode ser comprar um acordeon, porém, se o seu
orçamento financeiro não te permite fazer essa compra nessa semana você não vai
conseguir cumprir o seu objetivo. Então é necessário ser realista na definição dessas
metas, de acordo com as suas capacidades.

Falando um pouco do lado imaterial, ao querer aprender tocar o acordeon, sempre fica esse
desejo no ar de querer tocar o instrumento mas não ter, de forma concreta como chegar
nesse objetivo.

E aí é muito importante que haja um planejamento bem feito para que esse desejo saia da
“esperança” ou que deixe de ser uma coisa distante. Saber conectar os dois tipos de metas é algo que deve ser feito pois, inevitavelmente uma meta precisará da outra, veja o exemplo:
Meta imaterial: ser um acordeonista/saber tocar uma música no acordeon.
Meta material: comprar um acordeon / pagar um professor.

Metas importantes para aprendizado do acordeon

Ritmo:
O ritmo é sem dúvidas um dos pilares para qualquer instrumento, o que não é diferente para
o acordeon. Sem o ritmo você pode juntar vários sons que não conseguirá necessariamente
fazer com que eles façam sentido.

Então, definir o ritmo como uma das suas metas é uma excelente ideia.

Coordenação motora:
Para conseguir o ritmo você vai precisar desenvolver uma boa coordenação motora, e
vice-versa, que vai te ajudar em todos os outros aspectos quando se trata em aprender a
tocar acordeon.

Controle de fole:
Controle de fole é muito importante, porque ele faz parte do acordeão. Se você não dá
atenção para ele você estará muito longe de realmente aprender a tocar acordeon. É
preciso entender a abertura e o fechamento do fole, no tempo correto, desde o início.

Além desses três aspectos, é essencial ter como metas o estudo das escalas e do arpejo,
em um aprendizado progressivo que vai sempre trazendo mais detalhes mas garantindo
que sejam coisas possíveis de serem aprendidas.

Em resumo você precisa entender que as metas de curto prazo devem estar alinhadas com
a sua meta maior, pense nelas como degraus para alcançar o objetivo geral.

Nesse sentido também é importante que não há como pular etapas ou metas, no caso
específico do acordeon não é possível tocar uma música sem aprender bem o ritmo, a
coordenação motora e os conceitos iniciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *